INDICADORES DE DESEMPENHO NA GESTÃO DA QUALIDADE

O indicador de desempenho é uma ferramenta essencial de monitoramento para a gestão da qualidade. Dessa forma é possível mensurar quão perto ou quão longe a Organização está de alcançar suas metas e objetivos. Indicadores mostram fatos concretos, portanto, são informações reais e não suposições.

Utilizar indicadores de desempenho é uma ótima maneira de incentivar a equipe a alcançar os resultados pretendidos. Afinal, quando há um acompanhamento, quando vemos os resultados pelos nossos esforços, vemos onde estamos errando e onde estamos acertando, conseguimos enxergar uma direção. Além disso, sentir-se útil é um dos maiores gatilhos para impulsionar alguém a buscar o seu melhor.

É importante ter metas bem estabelecidas e decidir o que é necessário que seja medido, para que os indicadores estejam alinhados às estratégias da empresa. Além disso, é necessário definir quem serão os responsáveis pela coleta de dados e realizar uma reunião periodicamente (frequência conforme necessidade da Organização) para analisar os indicadores.

Esses dados permitem que a equipe avalie os efeitos de seus esforços em determinado período de tempo. Dessa forma, é possível identificar pontos em que os resultados esperados estão sendo alcançados, pontos de melhoria e até mesmo falhas que exigem correção imediata. Assim evitam-se piores consequências além de garantir a melhoria contínua. Essa é uma ótima maneira de implantar uma cultura de qualidade na equipe. Assim, estarão sempre buscando atender padrões de excelência.

O bom desempenho depende de um monitoramento eficaz. Afinal, como saber se estamos no caminho certo se não paramos para analisar o que estamos fazendo e os resultados que estão sendo obtidos? Sistemas e processos devem ser melhorados e aperfeiçoados sempre.

Os indicadores servem para nos direcionar nesse sentido, pois assim conseguimos ter uma visão ampla daquilo que estamos medindo. Dessa forma, é possível elaborar planos de ação em situações em que as metas não estão sendo atingidas. Por exemplo:

  • Na última reunião, analisando os indicadores percebemos uma queda na satisfação dos clientes.

A partir dessa informação, deve-se buscar a raiz do problema para entender o motivo da insatisfação dos clientes e buscar a solução do problema. O importante é estar sempre atento e em busca de aperfeiçoamento.

“Se você não mede algo, você não pode entender o processo. Se você não entende o processo, você não consegue aperfeiçoá-lo” – Peter Drucker