Gestão da Qualidade e Comunicação  

Dois lados da mesma moeda

Uma empresa que possui valores,  metas e procura estar sempre se desenvolvendo e aprimorando seus resultados deve ter em mente o quanto a gestão da qualidade e comunicação interna são importantes. A partir disso é possível transformar a cultura organizacional. Tornando-a um ambiente onde todos trabalham por um mesmo objetivo e se sentem importantes.

Onde há familiaridade, onde há uma equipe unida que troca opiniões e se preocupa em dar seu melhor. Essa mistura, essa união é um ponto chave para o sucesso e fortalecimento de qualquer empresa.

A pergunta é: Porque gestão da qualidade e comunicação são tão importantes? E porque devem andar juntas?

Pois bem, o fato é que não existe qualidade onde não há comunicação. Para que haja melhoria contínua e as pessoas se atentem e deem o seu melhor é essencial que haja troca de informações. Porque? Simplesmente porque além de ser muito mais fácil implantar melhorias quando há várias cabeças pensando juntas e não de forma isolada, essa troca de ideias faz com que essas pessoas se sintam, de fato, uma equipe. Além de perceber que precisam umas da outras e que trabalhando juntas, podem alcançar resultados muito melhores.

Mas, é preciso que essas pessoas queiram alcançar resultados melhores. Para isso, é necessário haver estímulos, ações que as façam se sentir importantes, que as façam sentir parte da organização. Pois nada é mais gratificante para alguém do que se sentir útil, e mais do que isso, sentir que o seu trabalho é indispensável. Para isso é necessário investir em seus colaboradores, recompensando-os financeiramente e emocionalmente.

Os líderes devem estar sempre junto de seus colaboradores. Afinal, um bom líder não é aquele que manda, que aponta erros ou critica seus funcionários, mas sim aquele que dá estímulos, que apresenta sugestões/soluções, que conversa e troca ideias.

Líder é aquele que mostra confiança e principalmente, não se coloca acima de ninguém. Um líder deve sim comandar e tomar decisões, mas também é preciso ouvir opiniões e não se sentir responsável apenas nos momentos de sucesso, mas aceitar que o fracasso é algo que atinge toda a equipe. Portanto, não se deve apontar alguém pelos seus erros, mas unir forças para encontrar a melhor solução.

Contudo, podemos perceber que não existe qualidade sem comunicação. O estímulo dos colaboradores está ligado a diversos fatores que devem ser observados pela empresa.

A gestão da qualidade é essencial para uma organização que busca ser referência no mercado. Porém a qualidade não é responsabilidade apenas dos profissionais da área, é necessário o envolvimento de todos.

Afinal, qualidade se faz com união e trabalho em equipe.

Quer receber notificações sobre novos artigos? Assine a nossa Newsletter clicando aqui!