CONHEÇA E ENTENDA OS PRINCIPAIS TIPOS DE LIDERANÇA

O tema “liderança” ganha cada vez mais espaço no ambiente corporativo. Isso se dá, porque as Organizações estão entendendo o papel do líder na busca por uma gestão de qualidade e também, na busca pelo sucesso. Sem um líder a equipe não sabe em que direção seguir, o que fazer, quando e como fazer, se torna impossível estabelecer padrões e alcançar metas. Digo mais, é impossível mensurar os resultados e, logo, as possibilidades de melhoria e evolução tornam-se nulas.

QUAL É O PAPEL DO LÍDER NESSE SENTIDO?

Alinhar as metas e objetivos de todos os envolvidos, delegar suas funções e levar o time a um mesmo caminho. O líder deve inspirar sua equipe e deixar claro o que e porque cada deve fazer o que faz. Existem alguns modelos de liderança, cada um com suas características. É importante conhecer cada um deles e identificar qual melhor se encaixa no contexto da organização em questão. Vamos falar um pouco de cada um deles? Vamos lá:

LIDERANÇA AUTOCRÁTICA

Neste modelo todo o “poder” fica centralizado no líder. O time não possui abertura para dar opiniões e nem ter quaisquer participações nas decisões. É simples assim: O chefe manda, o subordinado obedece. Se por um lado, esse tipo de liderança permite maior agilidade na tomada de decisão e maior produtividade (na presença do chefe), por outro, a equipe tende a não ter motivação por não se sentirem parte de um todo.

LIDERANÇA LIBERAL

É o oposto da liderança autocrática. Neste tipo de liderança, o líder tem um papel mínimo dentro da organização. A equipe atua sem supervisão, tendo como base a confiança de seu líder. Esse é um modelo que acaba não tendo um “controle” e muito menos um “padrão. Cada um tem a liberdade de agir como acha que deve. Além disso, fica difícil implantar melhorias, já que não há um procedimento a ser seguido, nem mesmo feedbacks sobre como as coisas estão saindo. Moderno demais, não acha? Tudo que é demais, acaba sendo perigoso.

LIDERANÇA DEMOCRÁTICA

Aqui o processo é mais “humanizado”. Existe uma troca, os colaboradores possuem liberdade para dar opiniões e sugestões, fazendo com que se sintam mais à vontade no ambiente de trabalho. O líder tem a preocupação tanto em alcançar resultados e ter produtividade, como também preza pelo bem-estar e satisfação de cada um. Esse tipo de liderança permite um ambiente mais descontraído, onde a equipe acaba se sentindo mais motivada a atingir os melhores resultados. Além disso, sempre digo e repito, quanto mais pessoas pensando juntos, mais satisfatório será o caminho trilhado. É necessário apenas tomar certo cuidado para que as coisas não saiam de controle. O líder precisa ter jogo de cintura e sabedoria para impor sua autoridade quando necessário.

LIDERANÇA SITUACIONAL

Nesse caso não existe um “padrão” de liderança. O líder atua conforme a situação em que se encontra. Como é isso? Bom, o que mais conta aqui é o nível de maturidade e capacidade do colaborador. É essencial que o líder esteja preparado para tomar as decisões certas com cada um de seus subordinados, ou seja, cada pessoa irá necessitar de um direcionamento diferente. Esse modelo exige um profissional que saiba tomar decisões rápidas e eficazes, bem como, se adaptar a diferentes cenários. Entretanto, se seguido da forma como deve ser, é um ótimo modelo que nutre na organização um ambiente preparado para mudanças.

LIDERANÇA COACH

Esse é um modelo em que o líder estimular cada um dos membros da equipe melhorarem suas habilidades constantemente. O foco aqui é desenvolver uma equipe motivada, que busca melhorias e se sente útil, capaz e necessária para o sucesso da organização. O líder coaching não só direciona seu time, mas busca auxiliar cada um a alcançar seu máximo potencial. As pessoas recebem estímulos comportamentais, psicológicos e profissionais. Dessa forma, nutre-se pessoas que maximizam suas habilidades, resultando no atingimento de metas e excelência em qualidade. E aí, gostou dos modelos de liderança? Qual você acha que mais se adequa às necessidades da Organização em que você atua?

Deixo uma reflexão para finalizar: “A eficiência de uma organização começa com a eficiência de sua liderança.” – Robert Quinn

Quer receber notificações sobre novos artigos? Assine a nossa Newsletter clicando aqui!