a importância dos planos appcc para a segurança dos alimentos

A indústria de alimentos possui a grande responsabilidade de entregar produtos seguros aos consumidores. Qualquer erro pode ser crucial, trata-se da saúde das pessoas. Essas pessoas estão cada dia mais criteriosas em seus hábitos de consumo.

Com isso, todo o cuidado para entregar alimentos que estejam dentro dos parâmetros exigidos toma uma proporção maior. Afinal, trata-se de sobreviver diante de um mercado extremamente competitivo. Um pequeno erro pode gerar grandes consequências. Portanto, deve haver preocupação com os consumidores que exigem alimentos de confiança, mas também com os concorrentes que estão atentos a cada detalhe para se manter um passo à frente.

Os Planos APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle) servem para direcionar a equipe em cada etapa dos processos pelos quais determinado alimento está sujeito a passar. Dessa forma, é possível mapear as etapas em que os alimentos podem sofrer contaminação, seja física, química ou biológica. Com os perigos detectados, é necessário elaborar medidas para prevenir que essas contaminações ocorram.

A equipe deverá definir de que forma irá garantir a qualidade do produto: medidas que deverão ser tomadas, a etapa em que o perigo será eliminado ou reduzido a um nível aceitável, etc. O importante é que ao final de todo o processo, o alimento esteja em perfeitas condições de consumo.

A montagem do Plano APPCC é complexa. Exige tempo, planejamento, paciência e muito cuidado. Ao implantar essa prática na empresa é essencial que haja boa comunicação interna. Envolver a equipe faz parte do processo e garante a eficácia do plano.

Atualmente é comum as pessoas fazerem a montagem dos planos em planilhas Excel. Essa é uma forma extremamente trabalhosa e que exige muita atenção, para que os perigos identificados não sejam esquecidos ao longo do processo. Recentemente foi lançado no mercado o Qualis 22, uma solução que facilita a montagem de planos APPCC. Além disso, um dos muitos controles do software é garantir que todos perigos identificados sejam tratados.

A segurança dos alimentos é uma necessidade. Isso irá gerar satisfação no consumidor, além de possibilitar que a empresa tenha um bom posicionamento diante do mercado. Além de gerar melhorias internas como: diminuição de desperdícios, processos mais produtivos, e o mais importante, garantir que haja segurança em todas as etapas.

O crescimento de uma indústria alimentícia depende diretamente do comprometimento com a saúde e o bem-estar de seus consumidores.

Assine a nossa Newsletter  e receba notificações sobre novos artigos!