A importância da gestão da qualidade na indústria farmacêutica!

Vamos falar hoje de um assunto importantíssimo para todos nós: a indústria farmacêutica.

A qualidade e segurança dos medicamentos que ingerimos é um assunto muito sério, pois estamos falando da nossa saúde, e diria mais do que isso, estamos falando da nossa vida. Sabemos que existem regulamentações rigorosas que devem ser seguidas, então resolvemos compartilhar com vocês algumas maneiras de alcançar esse padrão de qualidade e oferecer medicamentos seguros aos consumidores.

Nesse sentido, não teria como não falarmos sobre a importância da gestão da qualidade na indústria farmacêutica, certo?

DE OLHO NAS NORMAS E CERTIFICAÇÕES DE SEGURANÇA

Para início de conversa, uma indústria farmacêutica só é habilitada a produzir medicamentos se possuir certificado de Boas Práticas de Fabricação. Quem fiscaliza isso no Brasil é a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

PARA QUE SERVE A BPF (Boas Práticas de Fabricação)?

A BPF serve para garantir que os padrões de qualidade exigidos sejam seguidos. O intuito é minimizar erros e falhas que possam prejudicar o processo e/ou contaminar o produto final. É uma forma de garantir que só chegará ao consumidor medicamentos de qualidade e que seguem as normas e especificações exigidas.

A preocupação deve se dar desde a higienização dos equipamentos, até o controle e padronização dos processos pelos quais o remédio passa.

CONTROLE DE QUALIDADE

O controle de qualidade tem a função de garantir o padrão de qualidade do fármaco através de análises laboratoriais, realizar testes, monitorar matérias-primas, embalagens e outros, controlar a qualidade dos processos, dentre outras funções ligadas diretamente com a segurança do consumo do medicamento.

Para isso, é necessário ter uma equipe extremamente comprometida, qualificada e muito bem treinada. Podemos dividir o controle de qualidade em: laboratório físico-químico, microbiológico, embalagens e controle de processos.

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

Chegou a hora de falarmos sobre a importância e função do sistema de gestão da qualidade nesse setor. Pois bem, podemos dizer que para o bom funcionamento da indústria o SQG é imprescindível por vários motivos. Dentre eles:

Construção de um Sistema Sólido

Falando num âmbito geral, podemos refletir sobre a seguinte questão: Como seguir padrões, controlar processos, e ainda, garantir que as normas exigidas estão sendo seguidas?

Não existe uma forma mais eficaz de alcançar tudo isso, senão, com a implantação de um sistema de gestão da qualidade eficaz e que esteja de acordo com as necessidades do ambiente organizacional.

Planejamento, estratégia e gestão, esse é o caminho!

Gestão de Riscos e Plano de Ação

Com um SQG implantado, estratégia traçada e equipe treinada, chegou o momento de traçar o plano de ação. Um dos benefícios de ter um setor de gestão da qualidade é poder identificar riscos e traçar planos/ações com maior agilidade.

Isso porque a equipe estará atenta a cada etapa do processo, para garantir que a estratégia está sendo seguida, e que os resultados estão sendo os esperados. Dessa forma, identificam-se pontos de melhorias, ou até mesmo não-conformidades, ainda durante o processo de fabricação.

Indicadores

A única maneira de ter certeza de que tudo está saindo como deve é monitorando! A análise de indicadores deve ser periódica e é o momento de ver com clareza os resultados que estão sendo atingidos.

Gestão de Fornecedores

A qualificação dos fornecedores é PRI-MOR-DI-AL! A BPF estabelece que as boas práticas ocorrem desde a escolha dos fornecedores, atentando-se à qualidade das matérias primas. Portanto, não adianta tentar colocar a culpa no fornecedor, a qualidade do medicamento que você oferece é SUA RESPONSABILIDADE!

Faça uma análise criteriosa de fornecedores e qualifique-os conforme as necessidades. Existem ferramentas que podem facilitar muito nesse sentido, se quiser saber mais sobre isso é só clicar aqui!

Ferramentas da Qualidade

Use e abuse das ferramentas da qualidade. Claro que é necessário saber quando e para quê utilizá-las, mas use. Elas irão te ajudar muito, além de possibilitar que a sua equipe consiga informações muito mais precisas. Afinal, em um segmento como esse, em que atuamos diretamente com saúde das pessoas, não dá para ficar no achismo né?

Se quiser saber mais sobre as ferramentas da gestão da qualidade, veja o conteúdo em que falamos sobre elas!

Saúde é coisa séria e estar atento ao padrão de qualidade daquilo que você coloca nas Drogarias e Farmácias é uma grande responsabilidade, então não deixe de seguir as nossas dicas e preze pela qualidade e segurança sempre.

Esperamos que tenham gostado do conteúdo, na semana que vem teremos novidades, fiquem atentos!

Assine a nossa Newsletter  e receba notificações sobre novos artigos!